Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010

Ondas encabeladas ao vento.....

 

 

São como ondas encabeladas ao vento...

 

Este medo que se me apodera.....

 

Fazem frio...

 

Não me largam....

 

Caeem-me as lágrimas devagar, amargas....

 

Não sabia que as lágrimas têm vários sabores...

 

As da angustia são assim...amargas...

 

Há lágrimas doces de ternura...

 

Essas já lhes perdi o sabor....

 

São as ondas de terror que me invadem...

 

Tão duras...

 

Tão cruéis.....

 

Tanto que quase as consigo ver....mas não escapo.....

 

Tenho medo....medo de tudo....até do barulho do mar....

 

a arrulhar...a arrulhar.....

 

 

 

 

 

publicado por ligeirinha às 18:36
link do post | favorito
De Maria João Brito de Sousa a 11 de Novembro de 2010 às 10:56
Ai, minha Ligeirinha! O teu poema é bonito e delicado como filigrana, mas eu sei que és o sujeito poético dele... então?
Que amargas estão essas lágrimas! Fiquei com o coração apertadinho
Olha, desejo-te muitas lágrimas doces, daquelas de ternura de que já esqueceste o sabor! Muitas, muitas!
Um enorme abraço e todo o mimo que consigas imaginar!
De ligeirinha a 11 de Novembro de 2010 às 22:30
Obrigada! espero que melhore.....É um sufoco.....acudir a tudo e a todos! Beijinhos grandes!
De Maria João Brito de Sousa a 12 de Novembro de 2010 às 16:50
Eu, hoje, não conseguiria acudir a ninguém, Ligeirinha... estou completamente "não presta", com uma dor horrível no meio das costas e com as pernas "enformigadas"... até as mãos já estão a ficar "perras". Mas não te aflijas que eu, se isto continuar assim, vou ao hospital! É só porque depois de me queixar à vontade, fico mais aliviada... pelo menos parece que custa um pouco menos.
Que tudo corra bem contigo. Desejo-o tanto como o desejo a mim mesma! :)
Beijinho!
De ligeirinha a 12 de Novembro de 2010 às 18:13
Cuida-te que fazes cá muita falta! Claro que tens que ir ao médico! As melhoras e não apanhes frio!Beijinhos!
De Maria João Brito de Sousa a 15 de Novembro de 2010 às 17:50
Estou muito bem agazalhadita e, ainda, um bocadinho "perra" a andar, mas já não me doem tanto as costas! Mas quem deveria ralhar era eu!
Tu não voltes a tomar aquilo que tomaste! É estupidamente agressivo para o aparelho digestivo! Eu não tomo voltaren há muitos anos... mas também tomo o anticoagulante e não posso. Parece-me que também não podes... toma cuidado contigo! Tanto quanto eu sei, fazes mais falta do que eu!
Abraço gde!
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.tags

. todas as tags

.favorito

. Esta estranha sensação d...

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Estou só.....

.links

blogs SAPO