Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

A menina do laço

 

Há uma menina contente

 

Lá muito ao fundo da rua...

 

Ainda não anda segura,

 

Vem de sorriso estampado na cara

 

Não tem medo....

 

Vem segura...

 

Também tem um laço prendendo o cabelo,

 

Vem sozinha...

 

Determinada...

 

Sem medo...

 

Essa menina

 

É a mais doce recordação

 

Da menina que fui.....

 

 

tags:
publicado por ligeirinha às 14:20
link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De Maria João Brito de Sousa a 4 de Dezembro de 2008 às 16:24
Andas tão sumidinha e eu tão despassaradinha com um bilião de coisas por fazer e sem conseguir fazer nada que jeito tenha, que o melhor é desejar-te já um FELIZ NATAL!
um grande abraço para ti, minha querida Ligeirinha!
De Maria João Brito de Sousa a 3 de Dezembro de 2008 às 14:07
Onde é que tu ias com tanta pressa?
Beijinhos, beijinhos... vais outra vez para fora?
De ligeirinha a 3 de Dezembro de 2008 às 18:42
Fui a um enterro da mãe dum grande amigo.
Mas demorou tudo muito tempo, só cheguei agora e enregelada !
Não tenho escrito nada, faz-me falta....! Mas tenho tido muitos imprevistos...Beijinhos!
De Maria João Brito de Sousa a 3 de Dezembro de 2008 às 21:36
Pronto. Bem me pareceu que estavas numa pressa. Também estou congelada... tudo , nesta casa, está congelado. O pobre do Spirit, então... e não aparecer uma alma caridosa que possa tomar conta dele! Ele é tão meiguinho quando não está a competir pelo território... é um poço de ron-rons e marradinhas!
Beijinho e vai-te aquecer!
De Maria João Brito de Sousa a 1 de Dezembro de 2008 às 15:40
Olha! Lembrei-me (foi a tua menina que me lembrou!) de que poderias concorrer ao Poesia em Rede! O tema deste ano é "A Criança"... pensa nisso!
Tens um link que vai direitinho para lá no poetaporkedeusker.
Beijinho!
De Maria João Brito de Sousa a 30 de Novembro de 2008 às 23:31
O que é que aconteceu ao meu comentário carregadinho de mimo???? Eu mato o Sapo!!!
Disse-me que o teu blog não existia e... capof!!!
E ia com tanto miminho!!! Cheio de alegria por ver a tua menina, essa que mora dentro de ti! E dizia que a minha é um bocadito mais amalucada, que nem sempre atende às conveniências e... enfim, que me vai dando algum trabalho...
Mas é tão bom termos estas meninas em nós!!! São elas que nos animam e nos empurram quando pensamos já não ter forças para reagir...
Guarda sempre a tua menina dentro de ti! Sempre, sempre!
Um grande abraço carregadinho de mimo para essa tua menina linda e destemida!
De Peter a 29 de Novembro de 2008 às 23:39
ola ligeirinha , estes poemas andam muito intimos, muito fotografia, muito sinceros. Será?? Não quero dizer que sejam feios, quero dizer que são sentidos. é preciso compensar o nosso baloiço , equilibrar as voltas,segurar os nossos extremos emocionais,talvez como os carros de agora que tem um, como é que é, um ,um...limitador de velocidade, é isso.Lágrimas fazem muito bem mas o riso dá saúde. Bom fim de semana. Ciao. bacio.
De ligeirinha a 30 de Novembro de 2008 às 22:52
Olá Peter , gostei do seu comentário. É sempre bom ter um feed-back !
De facto transmito muita nostalgia , mas não é para fazer género ", é que sou mesmo mesmo assim....tenho muito altos e baixos de humor.....sobretudo baixos, infelizmente!
Quem sabe e se fosse ...italiana ?
Beijinhos! E obrigada!
De linhaseletras a 27 de Novembro de 2008 às 22:42
Boa Noite "Ligeirinha" que bela recordação, tente mantê-la sempre viva, porque deve ter vivido muitas coisas boas, e recorda-las vai dar-lhe forças para quando estiver desanimada com a vida que a nossa geração está a viver agora.
Um abraço, e até amanhã
De ligeirinha a 28 de Novembro de 2008 às 08:29
Muito obrigada pelas suas tão bonitas palavras!
A vida , para nós , está difícil , para mim é a falta de valores, a boa conduta, o respeito pelos outros, para alem das enormes dificuldades económicas Angustia de facto.....Como era possível vermos um presidente de um banco "preso"?Vermos gente presumivelmente decente virados em pedófilos? Meninos da escola a bater em professores? É um ror de situações....Beijinhos!
De Velucia a 27 de Novembro de 2008 às 03:43
Ol´s Inêz

Como é bom a recordação da infância.
Que bom que já naquela idade havia determinação.
E é melhor ainda quando a infância tem algo de bom a recordar.
E ainda temos sempre uma criança dentro de nós.


Um abraço.
De ligeirinha a 27 de Novembro de 2008 às 09:23
Que bom você comentar o meu texto, fico muito feliz!
Senti as suas"enegias boas" no seu ultimo texto. Foi bom.....fiquei mais tranquila... Obrigada!
De Velucia a 27 de Novembro de 2008 às 14:55
Obrigada.
Comento sempre que posso
Alguns são mais comentados porque mexem muito comigo. Mesmoo não comentando eu sempre vejo seu blog , e gosto porque é muito natural.

Um abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.tags

. todas as tags

.favorito

. Esta estranha sensação d...

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Estou só.....

.links

blogs SAPO