Quinta-feira, 23 de Outubro de 2008

Hoje estou muda...

 

 

 

Muda e queda...

 

Porque tenho pena do meu país..

 

Tão falso, no meio de tanta beleza!

 

Gente triste e aflita,

 

Vê-se-lhes no olhar..

 

Muitos tem fome..

 

Porque a fome passou a ter rosto..

 

Raspa por nós,

 

E é muda

 

É triste e muda...

 

Não consigo suportar o meu país...

 

 

 

sinto-me: triste...
publicado por ligeirinha às 17:22
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De cateespero a 26 de Outubro de 2008 às 12:47
Amiga!
Infelizmente há cada vez mais miséria e fome neste pobre País! E é triste ver uns com a fome estampada no rosto e uns quantos agarrados a belos e chorudos "tachos"... Bom Domingo! Beijos! António
De poetaporkedeusker a 25 de Outubro de 2008 às 13:41
Não fiques muda durante tanto tempo, Ligeirinha! Eu hoje estou numa corrida (enferrujada...) para conseguir ir à cerimónia d entrega dos prémios na Junta de S. Domingos. Não ganhei, mas fui pessoalmente convidada pelo coordenador dos Jogos Florais.
Um beijinho e um abraço de cometa!
PS- Já viste um poema do meu avô no Cateespero? Ele soube escolhê-lo a dedo!
De poetaporkedeusker a 24 de Outubro de 2008 às 03:41
É triste, muda e cada vez mais "envergonhada". Muitas (centenas e centenas...) de pessoas que há meia dúzia de anos viviam razoavelmente, estão, neste momento, a passar fome e a viver um dia a dia de privações. Antigamente só os desempregados se dirigiam ao Banco Alimentar. Hoje em dia são as pessoas que têm o seu trabalho por conta de outrem que vieram engrossar as fileiras dos beneficiários do B.A.C.F. Amanhã vou para a fila das senhas, na Paróquia... e encontro-os lá. pessas que têm os seus salários e que perderam todo o poder de compra. por sua vez o Banco Alimentar tem grandes dificuldades em garantir um mínimo de bens de consumo a toda esta multidão que enfrenta, pela primeira vez na vida, o estatuto de "pobre". E têm vergonha. Vão tristes e cabisbaixos. Em tempos também eu tive alguma "vergonha". Era como se os valores se tivessem invertido, repentinamente, e eu tivesse passado de "dadora" a "receptora". Depois cria-se uma rotina, já não se tem vergonha de trazer a esmola da Igreja. O Banco Alimentar funciona na Igrejade Sto. António de Nova Oeiras e os beneficiários percorrem um longo (alguns...) caminho observados por muitos que comentam, muitas vezes com a rueldade natural de quem nunca necessitou. Eu vejo-os, oiço-os, conheço-os.
Um grande abraço para ti.
De linhaseletras a 23 de Outubro de 2008 às 23:51
Pois é minha amiga! Cada vez há mais fome, e agora já não está tão escondida como há um tempo atrás, já está muito mais visível , e as pessoa estão cada vez mais tristes, já não conseguem disfarçar a tristeza e o medo das coisas piorarem, e os mais velhos já nem pensam neles, mas sim nos filhos e nos netos, que vão ter a vida muito complicada.
Mas vou ficar por aqui, porque este tema dava pano para mangas.
Até amanhã, Boa Noite

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Esta estranha sensação d...

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO