Quarta-feira, 13 de Agosto de 2008

Poema inedito de Miguel Torga

 

 

De seguro,

 

Posso apenas dizer que havia um muro

 

e que foi contra ele que arremeti

 

A vida inteira.

 

Não, nunca o contornei.

 

Nunca tentei

 

Ultrapassá-lo de qualquer maneira.

 

A honra era lutar

 

Sem esperança de vencer.

 

e lutei ferozmente noite e dia,

 

Apesar de saber

 

Que quanto mais lutava ,mais perdia

 

E mais funda sentia

 

A dor de me perder....

 

 

 

Miguel Torga

 

sinto-me:
publicado por ligeirinha às 23:03
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De ligeirinha a 14 de Agosto de 2008 às 16:18
optaste
De ligeirinha a 14 de Agosto de 2008 às 16:18
foi a Maria Alfacinha....ela ás vezes dá-lhe para isto......
olha uma pergunta: porque é que tu agora otaste por grvar os IPs de quem comenta? Tens soluços?
Eu nem sei o que são
IPs!!!!!!
Há cada esquisitice......!!!!
De poetaporkedeusker a 14 de Agosto de 2008 às 15:17
Olha! "Roubaste-me" o nº 100! Mas então eu devia agora ser o 101! Acho que esse counter anda a fazer batota!
De poetaporkedeusker a 14 de Agosto de 2008 às 14:20
Caramba! Acho que o teu counter está com um problema qualquer! Fiquei sem rede, reiniciei o computador, voltei cá... e ele continua no 99! Desisto!
Um beijinho muito grande!
De ligeirinha a 14 de Agosto de 2008 às 14:51
eu propria fui a nº 100!!!!!
Olha este poema inedito de Torga, anda "c´por casa" desde que me conheço, todos sabemo-lo de cor!
Lembro-me da minha mãe dizê-lo....
é fantastico o Torga! Adoro o Régio e o menino bonito , aliás são ...tantos....o Eugenio e o Pessoa e ...o Cesário, e o Antonio Botto,e Mário de Sá Carneiro e...e....e...amo os poetas!!!!!!a Sophia!!! Ai a Sophia......
De poetaporkedeusker a 14 de Agosto de 2008 às 13:48
Estou farta de andar aos pulinhos do meu blog para o teu a ver se consigo ser o visitante nº 100, mas o teu contador não passa dos 99!!! Onde é que arranjaste esse inédito do Torga? Eu tenho cá uma 1ª edição da RAMPA. A minha avó Alice, a mulher do avô poeta, era uma das maiores amigas da Andrée. Que giro!
Espera aí que eu vou à cx de correio e já volto. Quero ser a nº100!!!

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Esta estranha sensação d...

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO