Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013

Cansei de mim....

 

Cansei de mim...assim...

 

Sem mais ...

 

Paro...não sou eu, não...

 

Meia perdida.....

 

Sem rei nem roque....

 

Saiu de mim um desejo forte de ser ninguém....

 

agora o ninguem me tomou...

 

Agora vou aprendendo com ninguém....

 

Revelo aflições ao ninguem....

 

Canso-me com o ninguém....

 

É novo e disparatado...por vezes...

 

é muito mais sólido do que eu era.....

 

Tem ideias... o ninguém...

 

Embala as palavras enroladas em ternura.....

 

Inesgotável....

 

Adormeço com ninguém....

 

 

 

publicado por ligeirinha às 00:32
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De poetaporkedeusker a 31 de Janeiro de 2013 às 19:00
Tão enigmático, este teu Cansei de Mim... pareces ter dado um "pulo" para uma fase de ti mais activa, mais... cansativa, mas noutro sentido que não o do título... uma coisa eu sinto; gostas desse Ninguém!

Eu continuo a abusar das minhas "pernas criativas", eheheh... volta e meia, deixo-me confundir toda, como aconteceu com o SONETO "GOURMET" que não sei o que aconteceu que o deixei queimar, o salvei e o deixei queimar novamente... estou sempre a pôr e a tirar temperos... mas fi-lo numa noite em que estava exausta de todo... talvez por isso...

Um grande abraço, minha querida Ligeirinha!

De ligeirinha a 31 de Janeiro de 2013 às 19:17
Tens toda a razão. É um ninguem muito "caseiro",pouco enigmatico. Quereria ter fugido dele mas não consegui exprimir....Beijocas!
De poetaporkedeusker a 31 de Janeiro de 2013 às 23:59
Ahhh! Seja como for... acredito que o que importa é que seja gratificante!

Beijinho, Ligeirinha!

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Esta estranha sensação d...

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO