Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2012

As palavras mendigadas ...

 

Mendigo palavras , como um pedinte...

 

Que sejam suaves e macias como o linho...

 

Despeço-me das atribuladas sensações de vazio...

 

Tão ausente de mim....

 

Sem querer fiquei afogada em medos...

 

Imperdoáveis....

 

quando tão somente me quero desenvencilhar dos dias molhados...

 

e apanhar no charco que a chuva deixou...

 

Um punhadinho de palavras suaves.....

 

 

 

 

publicado por ligeirinha às 16:01
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De poetaporkedeusker a 13 de Dezembro de 2012 às 18:35
Ai, que triste, este teu suave poema... de repente foi como se nada de mais triste houvesse no mundo do que essa necessidade de mendigar palavras... mesmo palavras de linho, recolhidas dos charcos de chuva... de onde eu recolhia, quando as minhas filhas eram pequenas e andavam na escolinha, as formigas-com-asas, nos primeiros dias de Outubro... mas não me ligues! Eu hoje estou a enfrentar o Coli completamente sem "bengalas" e tenho cólicas... deve ser de mim, tanta tristeza... mas não. É mesmo o teu poema que transmite toda essa fragilidade desamparada... nem sei o que te diga, Ligeirinha...

Deixo-te aqui um abraço grande, grande... há mesmo palavras que magoam tanto que nem vale a pena apanhá-las do charco de água da chuva... e virá sempre um dia de sol para secar as chuvas todas...

Beijinho grande!
De ligeirinha a 13 de Dezembro de 2012 às 22:35

È mesmo isso.....que será de mim?

Beijo grande e sentido!
De poetaporkedeusker a 14 de Dezembro de 2012 às 12:56
Muitos beijinhos para ti neste dia que, por aqui, está francamente tempestuoso... mas virão dias de sol

Também acordei num estado lastimoso, hoje... tenho a cara inchadíssima e ainda me mexo pior do que o costume... para fazer tudo "by the book" deveria esperar, pelo menos, até quinta ou sexta feira da semana que vem, antes de tentar a consulta no CSO... espero que me não ponham em causa a evidente necessidade de repetir a colheita asséptica... isso já nem sequer seria "racionamento", seria crime de negligência e eu posso não ter dinheiro mas tenho argumentos... e uso-os sempre que seja necessário.

Quanto a ti, minha Ligeirinha, tenta sobreviver à dor provocada por algumas palavras. Eu só te posso garantir que se consegue... e há sempre alguém que nos deixa uma ou outra palavra bem bonita... não será o caso destas que aqui te deixo porque estou num dia menos bom... têm sido muitos estes "dias menos bons", já estou muito cansada deles... destes bicharocos microscópicos e oportunistas que parecem gostar tanto de mim quando eu não gosto mesmo nada deles... enfim... espero ter-te feito, pelo menos, sorrir... não sei se leste as sextilhas em redondilha maior que eu fiz ao Coli e, enfim, a tudo quanto se lhe possa assemelhar, eheheheh... vou deixar-te o link. Acho que assim te faço rir um bocadinho

http://asmontanhasqueosratosvaoparindo.blogs.sapo.pt/52716.html

Beijo grande!

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Esta estranha sensação d...

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO