Terça-feira, 21 de Setembro de 2010

Angustia cantadeira...

 

 

 Serei como toda a gente

 

 

  Emprestada no tempo...

 

 

  Que o tempo faz contas...eu sinto...

.

 

 

 Quanto me falta para deixar de ser eu?

 

 

 

 Ou quanto me falta para o eu me ensinar a ser eu?

 

 

  É obscura a procura....

 

 

 A unica coisa que sinto de facto é que não sou "cara" a respirar...

 

 

A olhar....

 

 

A comer com os olhos o mar.....

 

 

  A aguardar o anoitecer que é só meu...

 

 

  A apertar a angustia com as duas mãos, junto ao coração...

 

 

  Pois ela é minha....

 

 

 E mesmo doendo...

 

 

 Vai cantando.....

 

 

 

 

 

publicado por ligeirinha às 17:47
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De poetaporkedeusker a 28 de Setembro de 2010 às 16:05
Cantas a angústia neste teu poema, Ligeirinha, mas eu não consigo zangar-me contigo... :) pode ser que a aprendizagem do eu continue muito para além do que eu pude entrever por minutos... pode muito bem ser, amiga... custa-me acreditar nisso nestes moldes quase sempre comerciais que nós tendemos a fazer repercutir em todas as coisas... para mim é diferente e é muitíssimo inexplicável por palavras. Ando a escrever sobre isso há três anos e ainda mal aflorei o assunto... mas ninguém o diria, pois não? Talvez seja essa mesma descoberta o único propósito desta nossa vida. Penso ter interpretado bem o teu poema. Interpretei-o segundo o meu olhar, entendi-o conforme reagiu sobre a minha pele...
Um grande abraço para ti, amiga!
De ligeirinha a 29 de Setembro de 2010 às 12:33
Gostei do teu comentário....porque o sentiste....É difícil expor o Inexprimível .......Mas dói ..Beijinhos querida amiga!
De poetaporkedeusker a 11 de Outubro de 2010 às 11:50
Ligeirinha do meu , acho que hoje não vou fazer nada que jeito tenha... estou mesmo com bastante febre e dói-me tudo... seria mais fácil descobrir partes do corpo que me não doem, do q ue mencionar as que me doem :)) mas já estou medicada. É possível que não me aguente por cá todo o dia. Esta infecção respiratória é das mazinhas e as outras maleitas aproveitam a boleia...
Abraço gde!
De ligeirinha a 12 de Outubro de 2010 às 22:39
Só li agora o teu post !
E tu assim doente....toma cuidado com as pneumonias. Também acho que podes ter apanhado do Kiko ! Não facilites!!!!! Sempre fazes mais falta, apesar de tudo!
As melhoras e muitos beijinhos cheios de miminhos!
De poetaporkedeusker a 13 de Outubro de 2010 às 15:29
Não, Ligeirinha! O que o Kico tem é um quadro de insuficiência cardíaca que conduz a insuficiência pulmonar, mas que nada tem de infeccioso! Além do mais, as patologias virais dos cães e dos gatos não são transmissíveis ao ser humano, está descansada! :))
Se eu faço falta, é aos meus animais que não poderiam subsistir sem mim... a blogosfera já tem muitos poetas. Claro que nem todos são assim tão produtivos... mas eu também não ando a produzir nada, nestes dias... estou quase a sentir-me um ser humano" normal", com direito a "férias" e tudo!
Ora deixa cá ver... a produzir há quase três anos... hummm... quase três mesitos de férias. Nada mau!
Abraço grande!

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Esta estranha sensação d...

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO