Segunda-feira, 22 de Março de 2010

O meu sotão....

 

Assim duma maneira tão pouco subtil

 

Me aparece o blog todo modificado...

 

E eu que gosto de "coisas do sotão"...

 

Mas esta não.....

 

Quando em criança estudava a correr para ir para o sotão...

 

Fadas e lobos todos quietos á minha espera....

 

Que bom que era aquele espacinho só meu....

 

Punha a mesa para os duendes,ralhava com eles

 

Comiam de tudo o que eu não gostava...era má!

 

Que bom que é ser-se pequeno e mandar!!!

 

No meu sotão havia de tudo, gavetas com palavras

 

Prateleiras com as cores em pó...

 

Pincéis sem pelos  mas que pintavam a minha cara sei lá como....

 

A alegria espelhada em tudo.....

 

As chaves do sotão eram minhas(não funcionavam...)

 

Mas que prazer ter um sitio certo para mim.....

 

hoje os meus sotãos andam nas mãos dos outros

 

Cada um espreita as minhas fraquezas...

 

E toca de lá ir bisbilhotar...

 

Mas não há nada!!!!

 

Tenho tudo guardado no meu coração, que ainda é só meu....

 

 

 

 

tags:
publicado por ligeirinha às 18:41
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De cateespero a 28 de Março de 2010 às 15:21
Olá Inês!
Passei, reli e fui. Bom Domingo! Um xi. António
De poetaporkedeusker a 26 de Março de 2010 às 10:55
:) O teu sotão e o teu coração... e não serão um só?
A casa da minha avó Maria também tinha um enorme sotão... a minha própria casa tem muito de sotão, ali, no "último andar a contar vindo do céu", tão cheia de pincéis ainda com pêlos e tintas que secaram nos tubos... o cavalete grande que o Spirit partiu, as telas que vão ganhando mais e mais vida com o passar dos anos, os livros muito antigos... e os novos:)
Gostei muito.
De cateespero a 23 de Março de 2010 às 20:47
Olá Inês!
Obrigado pela sua visita! Visito-a todas as semanas. Estou bem e cá vou publicando nos meus blogues. Sempre que pretenda utilize o e-mail que aparece no meu perfil, se soubesse seu e-mail já lhe teria explicado a razão do meu silêncio. Fique bem! Um grande xi coração. António
De ligeirinha a 23 de Março de 2010 às 22:05
inesbguimaraes@netcabo.pt

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Esta estranha sensação d...

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO