Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Quero ser tudo....!!!!

 

Foi na senda do voô dum pássaro apressado

 

Que vi a luz

 

Que vi o dia translúcido

 

Que me vi a mim....

 

 Que me revi...

 

Que me reinventei..

 

Que fui avó..

 

Que fui menina...

 

Que respirei fundo...

 

Que senti o cheiro inconfundível do eucalipto

 

Que previ a morte..Que até a venerei..

 

Que a temi...

 

Que a personifiquei..

 

Que a afastei...

 

Porque...

 

Quero ser tudo!

 

Com uma vontade imensa...

 

Desmesurada mesmo...

 

De viver com as duvidas, em azul....

 

No meio do sol de Inverno...

 

E ao pé de mim.....

 

Muito ciosamente ao pé de mim.....

 

 

 

 

 

 

tags:
publicado por ligeirinha às 14:11
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De poetaporkedeusker a 25 de Novembro de 2009 às 17:30
... e aqui, eu, pássaro apressado, também me reencontro... talvez não queira ser tudo, mas quero que tudo SEJA... :) talvez não tema a morte, mas é só porque estou demasiado ocupada a viver a vida :)) Não! Não é verdade! Também eu a temo, mas só nos momentos cruciais, quando ela acelera o passo e vem ter comigo... ainda é cedo, ainda tenho tanto para fazer aqui, ciosamente "dentro" de mim...
Olha, minha Ligeirinha, não ligues porque eu tenho estado meia avariada durante o dia inteiro... acho que tenho uma memória pessoal de 5 ou 6 Gigas e ando a tentar guardar lá dentro o triplo ou o quádruplo... ando a esquecer-me dos poemas que faço e, quando os encontro, fico muito admirada... acho que preciso de abrandar um bocadinho o ritmo... se o ritmo mo permitir, claro :))
Um grande abraço para ti que queres "ser tudo"! Gostei muito deste teu poema!

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Esta estranha sensação d...

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO