Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Âncora....

 

A Rosinha deixou o vestido vermelho

 

Amassado de tantas lágrimas ,

 

Á porta do Toni.

 

Nunca mais o viu , nem o procurou

 

Afinal....

 

a ansia de o encontrar era tão só

 

Para lhe anunciar que estava á espera de um filho dele...

 

Vai quere-lo,só para si....

 

O filho das marés será só dela..

 

Mas vem com a força das ondas

 

com a tenacidade do mar

 

E será a sua âncora

 

Para partilhar os desafios da vida

 

 

 

 

publicado por ligeirinha às 11:38
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Peter a 22 de Janeiro de 2009 às 20:23
o vermelho é do amor.
-São rosas, senhor !!!! não era assim ???
ao tempo que foi para mim, ligeirinha... já nem me lembro.
Hoje concluí que a vida não é uma recta. Aliás , não há formas perfeitas no mundo conhecido. As coisas perfeitas, são construções da nossa mente. Tudo pode ser redondo, recto, não.
Até o vinho pode ser redondo. Ácido no inicio, frutado ao meio e fecha com um cheirinho a rosas. Em curva.
Um filho, é a coisa mais maravilhosa do mundo, mulher...! bacio.
De poetaporkedeusker a 15 de Janeiro de 2009 às 14:30
Vem com toda essa força, sim. Pobre Rosinha sem o seu Toni nem o seu vestido vermelho... mas com a sua âncora, com a sua determinação. ...
Ainda por cá ando, vês? Ando meia aos soluços, mas venho sempre espreitar o teu cais.
Beijinho!

Comentar post

.mais sobre mim

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Tanto tempo.....

. Morre-se em Agosto.... - ...

. No tempo em que tardam a...

. Desembaraçou-se de mim......

. Quando finalmente ficar s...

. Morre-se em Agosto....

. Amanhã....

. Sentimento estranho este....

. Este trilho meu....

. Cansei de mim....

. As idades que nunca tive....

. As palavras mendigadas .....

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Perguntei ás folhas....

. Gosto do azul intenso....

. Hoje é dia de lua cheia.....

. Esta procura constante......

. Foi ágil o pássaro....

. Subtilmente.....

. Bocadinhos de mim....

. Esta estranha sensação d...

. Papoilas

. Este turbilhão dentro de ...

. Mão cheia de nadas......

. Espaço raso de agua

. Quem me dera ver azul....

. Ventos de Africa...

. O cheiro da Primavera....

. Amiúde me enterneço.....

. Só gosto da luz do mar......

. Passou-se outro ano....

. Estou só.....

. Dia irreal de Outono....

. Tão inuteis as palavras!!...

. A memória não mente....

. A medo.....

. Portinho

. A arvore da minha paixão!...

. Desfile do Primeiro de Ma...

. Outra casa em Lima

. Numa rua em Lima colonial

. Tralha peruana!

. Cusco-Perú

. Lima!!!

. Cherries Blossom!

. A morte por um fio...ou a...

. Centro Pompidou-Março 201...

. No dia de anos-Jardim do ...

. Paris-70 anos!

.1 Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Esta estranha sensação d...

. A morte por um fio...ou a...

. Quando finalmente ficar s...

. Tão inuteis as palavras!!...

. Esta procura constante......

. O Cipreste

. Neste tempo da vida.....

. A aventura de sermos nós....

. Gosto do azul intenso....

. Estou só.....

.links

.1 Agosto 2008

blogs SAPO